Daer conclui viaduto Itacolomi na ERS-118.

O tráfego nos dois sentidos do viaduto sobre a avenida Itacolomi, em Gravataí, foi liberado pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer). A inauguração da estrutura, no km 18 da ERS-118, ocorreu nesta sexta-feira (23) com a presença do governador José Ivo Sartori, do secretário dos Transportes, Humberto Canuso, e do diretor de Infraestrutura Rodoviária da autarquia, Luciano Faustino.

O trânsito das quatro faixas (duas em cada sentido) com 200 metros de extensão possibilita a ligação com a pista já restaurada da rodovia. A obra do viaduto teve um investimento de R$ 20,3 milhões, com recursos do Tesouro do Estado, e foi realizada pela empresa Premold Ltda.

Sartori ressaltou que a liberação do viaduto é mais um símbolo do empenho do Governo do Estado nessa importante obra. “Desde o começo colocamos a ERS-118 como prioridade absoluta. A agonia está chegando perto do fim”, falou ao agradecer o trabalho conjunto realizado com as prefeituras e o empenho de todos os órgãos do poder público envolvidos para destravar as obras de duplicação da rodovia e, principalmente, do coordenador-geral das obras da ERS-118, engenheiro Vicente de Britto Perreira.

“Nós estamos fazendo tudo aquilo que é possível dentro das condições financeiras que o governo tem. Fizemos a nossa parte gerenciando todas as finanças, mas nunca o Estado passou por uma crise tão grande”, ressaltou o governador.

O tráfego na pista nova do viaduto sobre a ERS-020 também foi liberado. A partir de agora, a pista antiga fica bloqueada para o início da obra de elevação da parte baixa da estrutura.

“Esse é um legado que vamos deixar para a comunidade gaúcha. Essa importantíssima obra da Região Metropolitana será uma via estruturante que vai organizar todo o trânsito e dar segurança”, destacou o secretário Canuso.

De acordo com Faustino, representante do órgão executor da obra, a inauguração do viaduto mostra o esforço do Departamento em finalizar a duplicação da ERS-118. “Graças aos técnicos do Daer, chegaremos a um final feliz deste desafio que se iniciou em 1993 e que, no atual governo, tornou-se uma prioridade na infraestrutura estadual.”

Duplicação da ERS-118

Somando os investimentos desde 2015 até agora, o governo do Estado já aportou R$ 180 milhões na ERS-118. A duplicação da rodovia abrange 21,5 km entre o entroncamento com a BR-116, em Sapucaia do Sul, até o entroncamento com a Freeway (BR-290), em Gravataí.

Na oportunidade, as autoridades presentes também vistoriaram outros trechos como o viaduto sobre a avenida Marechal Cândido Rondon, onde está sendo executada obra de encontros com a rodovia.

Entre Cachoeirinha e Gravataí foram vistoriados os trabalhos de transposição do poliduto da Transpetro. Dos quatro viadutos previstos, dois laterais estão prontos. No momento, estão sendo construídos os dois centrais.

O último trecho inspecionado pela comitiva foi o viaduto sobre a avenida Theodomiro Porto da Fonseca, no km 3,5, em Sapucaia do Sul. No local é possível ver os blocos de fundação concluídos e as vigas instaladas. A obra faz parte do lote 3 da ERS-118, onde cerca de 300 processos de reintegração de posse foram concluídos para dar andamento às atividades de duplicação da rodovia.

Segundo Canuso, cerca de 600 processos de reintegração de posse foram realizados em todas as regiões da ERS-118 para que as obras saíssem do papel. “Quando recebemos o governo, todos os projetos estavam paralisados por falta de condições técnicas, inclusive. Tivemos que rescindir os contratos anteriores e fazer novas licitações. Mesmo com a escassez de recursos estamos chegando a essa fase definitiva para a 118”, afirmou.

Andamento da obra

A situação dos três lotes (construção das novas pistas e restauração das antigas) encontra-se nos seguintes percentuais de execução (aproximadamente):

- Lote 3 (km 0 ao 5): aproximadamente 20% (mas crescendo rápido), construtora Toniolo Busnello

- Lote 2 (km 5 ao 11): mais de 90%, construtora Sultepa

- Lote 1 (km 11 ao 21,5): cerca de 80%, construtora Sultepa.

Acordo de Resultados

A duplicação da ERS-118 integra o Acordo de Resultados assinado por todas as secretarias e vinculadas e que consiste no acompanhamento dos projetos definidos como prioritários para serem executados pelo governo do Estado. Os compromissos firmados envolvem o planejamento de indicadores de desempenho, ações e eficiência da gestão.

Essa rede de governança prioriza as demandas da sociedade com intuito de construir um governo mais eficiente na aplicação de recursos, mais ágil e menos burocrático, que, de forma transparente, dialogue com a população e entregue serviços de qualidade.

Fonte: daer