Obras avançam na Avenida Bento Rocha e novo trecho é bloqueado.

As obras de revitalização da Avenida Bento Rocha avançaram e o bloqueio que estava na Avenida Coronel Santa Rita foi estendido até a Rua Ludovica Bório. Com isso, o acesso ao Porto de Paranaguá é feito em pista simples, somente na faixa da esquerda. Já o sentido contrário foi completamente bloqueado.

O retorno dos caminhões acontece somente pela Avenida Manoel Ribas e os veículos que precisam passar pelo Pátio de Limpeza do Porto de Paranaguá devem entrar pela Avenida Coronel Santa Rita e acessar a Rua José para a Rua Ludovica Bório.

RESTRUTURAÇÃO - A Avenida Bento Rocha, da ponte do Rio Emboguaçu até a Avenida Portuária, terá novo pavimento de concreto, nova sinalização vertical e horizontal e nova ciclovia em 2,9 quilômetros de extensão. Ao todo, os investimentos somam R$ 15,9 milhões na revitalização. Todos os recursos utilizados são da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), com projeto e execução coordenados pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR).

A obra foi dividida em fases para reduzir o impacto no trânsito e na vida dos moradores da região. O primeiro trecho já passou pela drenagem necessária e agora será concretado.

De acordo com o diretor-presidente da APPA, Lourenço Fregonese, a revitalização da Bento Rocha é fundamental para a cidade e para a movimentação de cargas no Porto. "É uma obra muito esperada para a logística de escoamento da produção, para a mobilidade urbana em Paranaguá e, especialmente, para a segurança da população", disse.

ACESSO - A Avenida Bento Rocha é a principal via de acesso ao Porto de Paranaguá, com trafego de até três mil caminhões por dia. São mais 120 mil toneladas transportadas diariamente, em especial grãos, que passam pela pesagem e controle no Pátio de Triagem.

Desde a última obra, em 2004, a quantidade de cargas movimentadas em Paranaguá aumentou 70%, chegando à 50 milhões no último ano. A previsão da Appa é movimentar 80 milhões de cargas em 2030 e a melhoria dos acessos aos terminais paranaenses é uma das prioridades para o crescimento.

VIADUTO - Além da intervenção na Avenida Bento Rocha, também está em execução a construção do viaduto na entrada da cidade, onde a BR-277 se divide entre as avenidas Ayrton Senna da Silva e Bento Rocha, para melhorar o fluxo de carros e caminhões. Nesta estrutura, são aplicados R$ 12,7 milhões, também com recursos da Appa e fiscalização do DER-PR.

Fonte: der