Governo inicia concretagem da nova ponte da Rodovia Itabaiana-Itaporanga.

Ampliar a malha viária estadual, encurtar distâncias, facilitar a mobilidade e o escoamento da produção agrícola e mineral estão entre os principais benefícios que serão proporcionados pela Rodovia Itabaiana/Itaporanga (SE 255), que nessa quarta-feira (27), recebeu serviços de concretagem da primeira viga da ponte sobre o Rio das Pedras no Povoado São José em Itabaiana.

A moradora antiga da rodovia, Gardênia Silva, ressalta que a vida na vizinhança melhorou bastante. “Nós estamos levantando as mãos pro céu para agradecer. A situação aqui era muito ruim, a gente vivia de porta fechada e para diminuir a poeira era preciso que um carro pipa molhasse a estrada toda semana. Agora não tem mais poeira e a ponte também é uma coisa muito boa, pois vai ficar mais alta que a antiga e se tiver enchente no rio, não vai atingir as casas”, alegra-se a dona de casa, de 33 anos.

De acordo com o engenheiro civil responsável pela obra, Marcel Oliveira Lima, o percentual executado já corresponde a 80%. “Após o lançamento de 14 m³ de concreto nessa primeira viga, daremos um intervalo de seis dias que é tempo de cura do serviço. Em seguida, faremos a segunda concretagem e assim sucessivamente até concretarmos a quarta viga. Concluída essa etapa, iniciaremos a execução da outra fase até fazer o aterro das cabeceiras e, por fim, a liberação para o tráfego de veículos”, detalha.

Construída pelo Governo de Sergipe, por meio do Departamento Estadual de Infraestrutura Rodoviária de Sergipe (DER), com recursos do Programa de Apoio ao Investimento dos Estados (Proinveste), no valor de R$ 58.140.592,81, as obras da futura rodovia no Território do Agreste Sergipano prosseguem com duas frentes de trabalho: a construção das pontes e a pavimentação da rodovia.

Depois da nova ponte, os riscos de enchentes na área serão mínimos, informa o engenheiro. “A nova ponte possui 20 metros de vão livre por 10 metros de largura e 5 metros de altura. Além de ser mais alta do que a existente, a vazão é muito maior, o que assegura um melhor fluxo das águas durante o período de cheias, garantindo tranquilidade aos habitantes das proximidades”, explica.

Um alívio para seu Antônio dos santos. Residindo nas imediações da obra, o lavrador diz que os moradores estão bastante satisfeitos com o andamento da obra. “Tá todo muito alegre por aqui. A gente não tinha esperança que essa estrada fosse feita, mas agora já ficamos livres da poeira e da lama. Melhor ainda é essa ponte nova que vai dar tranquilidade a todo mundo, pois na última cheia do rio, a água cobriu a antiga e chegou perto de várias casas”, conta o lavrador de 63 anos.

A rodovia

Entrecortada por planaltos, vales e vegetação nativa, a rodovia terá 52 km de extensão e interligará a BR-101, na altura do povoado Aningas, em São Cristóvão, passando por povoados dos municípios de Itaporanga D’ajuda e Areia Branca até encontrar-se com a BR-235, precisamente no povoado Rio das Pedras em Itabaiana.

A obra atende ao padrão estabelecido às novas estradas estaduais, terá dez metros de largura, sendo sete de pista de rolamento e três de acostamento, sistema de drenagem pluvial, sinalização horizontal e vertical.

Segundo o engenheiro fiscal da obra, Geraldino Vieira, além dos serviços na ponte, os profissionais estão em outra frente de trabalho. “Estamos iniciando a imprimação em um trecho no povoado Aldeia em São Cristóvão, sendo que nos próximos dias, aplicaremos a camada asfáltica, ampliando assim a extensão pavimentada que já é de 24 km”, finaliza.

Fonte: der