Contorno de Wenceslau Braz será licitado ainda neste ano.

O Governo do Estado planeja lançar até o fim deste ano a licitação para a obra do Contorno de Wenceslau Braz, no Norte Pioneiro. A intervenção consiste na pavimentação de um trecho de três quilômetros de extensão conhecido como “desvio do casarão”, que liga a PR-092 à PR-422.

Orçada em R$ 11,7 milhões, a obra faz parte do Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná. A intervenção terá 85% de financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com aporte de 15% do Estado.

A população teve a oportunidade de conhecer os detalhes do projeto durante a audiência pública realizada nesta terça-feira (27) pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística e pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR). O evento aconteceu no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município e contou com a participação de aproximadamente 50 pessoas.

Segundo o engenheiro do DER-PR, Glauco Lobo, coordenador da Unidade de Gestão do Programa do BID, a consulta pública é um pré-requisito para todas obras que recebem recursos do banco. "É um processo muito interessante onde podemos colher informações e contamos com a colaboração da população para saber quais são as preocupações, além de esclarecer como vai ser o projeto e como vai acontecer a obra", afirma.

A OBRA - O projeto prevê a implantação de uma pista simples pavimentada com acostamentos e duas interseções em nível nas extremidades. Uma ferrovia existente no local será transposta através de um viaduto com comprimento de 30 metros. A obra do elevado é também uma reivindicação da prefeitura, que futuramente planeja utilizar a faixa de domínio da ferrovia como uma nova avenida, com inclusão de pista de caminhada e ciclovias.

BENEFÍCIOS - A implantação do Contorno de Wenceslau Braz é muito esperada pela população. O objetivo é retirar o fluxo de caminhões da área urbana, que gera transtornos como barulho excessivo, poluição, danos ao pavimento das vias municipais, além dos riscos para outros motoristas, pedestres e ciclistas. Além disso, a pavimentação facilitará o escoamento da produção regional.

"Toda a obra de contorno rodoviário tem uma importância muito grande para o município. A ideia é sempre tirar o tráfego pesado de dentro da cidade, o que melhora a qualidade de vida das pessoas", explica Lobo.

Para José Ivo Silvério, morador da região, a intervenção vai facilitar o dia a dia dos caminhoneiros que atualmente utilizam o desvio não pavimentado para o transporte de cargas. "Quando chove, ninguém consegue passar. O caminhão fica atolado, quebra, chega até a tombar. Se fizer o contorno vai melhorar para todos, porque não vai mais ter esse tráfego de caminhões no meio da cidade", afirma.

Diego Giovani Rodrigues, que trabalha em uma carvoaria localizada no trecho que será asfaltado, também comemora a iniciativa. "A estrada tem muitos buracos. Eu passo por aqui para trabalhar, pelo menos três vezes por dia”, comenta, acrescentando que a obra vai melhorar e agilizar o transporte.

IMÓVEIS - Outra reclamação dos moradores é a ocorrência de danos nos imóveis que sofrem com a trepidação do solo por conta da passagem dos veículos pesados. "O caminhão que passa em frente às casas acaba causando rachaduras", conta Celia Maria de Gouveia, moradora da região central. Ela também aponta os riscos no trânsito por causa desse tráfego. "Tem o perigo por causa dos idosos que demoram mais para atravessar a rua, os caminhões são perigosos para eles", diz.

PRAZOS - O projeto do contorno está pronto e o edital já foi elaborado. Após a etapa da consulta pública, a expectativa é que a licitação seja lançada até o fim do ano. A previsão é que as obras iniciem no primeiro semestre de 2019.

BOX
DER investe R$ 113,1 milhões em rodovias da região

As rodovias do Norte Pioneiro estão inseridas em dois lotes do Programa Estadual de Recuperação e Conservação de Rodovias (PERC II), que abrangem 695,7 quilômetros de rodovias da região, totalizando R$ 109,2 milhões em investimentos. O trecho da PR-092 que passa por Wenceslau Braz já recebeu os serviços de remendos superficiais. Na sequência serão realizados os trabalhos de microrrevestimento asfáltico.

Outra obra que está em andamento na região é a recomposição do aterro e construção do muro de contenção da PR-092, com investimento de R$ 3,9 milhões. Após um período intenso de chuvas, ocorreu o deslizamento deste aterro, que causou danos ao pavimento da rodovia.

Os trabalhos, que tiveram início em janeiro deste ano, estão 85% executados. Atualmente, as equipes trabalham na drenagem, compactação do aterro e plantio de grama. Os serviços vão evitar novos deslizamentos, garantindo a segurança de quem utiliza a rodovia.
Fonte: der