Com quase um milhão de veículos, metade da frota do Piauí está irregular.

O Estado do Piauí atingiu em 2014 a marca de 947.917 veículos, sendo que 47,05% está com documentação irregular. Dos veículos com o licenciamento em atraso, 40,99% circulam na capital e 53,65% no interior do Estado.

Como forma de reduzir a inadimplência dos motoristas e regularizar a frota no Estado, a direção do Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI) vai ampliar a fiscalização e as campanhas educativas no trânsito. “Realizaremos ações como as blitzen acompanhadas pela Escola Piauiense de Trânsito, alertando aos condutores sobre a importância em respeitar as regras de trânsito, como dirigir dentro do limite de velocidade permitida, usar os equipamentos de segurança, dando destaque ao uso de capacetes pelos motociclistas”, pontuou o diretor-geral do Detran-PI, Arão Lobão. “Estamos realizando um estudo com o intuito de permitir a regularização dos veículos automotores do Piauí, inclusive, com facilitação do pagamento para usuários de menor poder aquisitivo”, ressaltou.

Campanha
Em outubro do ano passado, o Detran-PI realizou uma campanha para estimular motoristas a regularizarem a documentação de seus veículos. O órgão ofereceu descontos de até 100% em juros e multa para contribuintes que quitassem até o final de outubro débitos pendentes do Imposto sobre Veículos Automotores (IPVA).

O motorista que pagasse os débitos à vista teria isenção de juros e multa. Também foi oferecida opção de parcelamento em seis meses. Neste caso, o desconto foi de 80%. A medida é prevista na Lei Estadual 6571/2014, regulamentada em 30 de julho, a partir da publicação do Diário Oficial do Estado.

Fonte: radarnacional